sexta-feira, 6 de junho de 2014

Encerrando Ciclos

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?

Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu...
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.

O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..
E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.


Fernando Pessoa

sábado, 10 de maio de 2014

O Homem e A Mulher

O homem é a mais elevada das criaturas; 
A mulher é o mais sublime dos ideais. 
O homem é o cérebro; 
A mulher é o coração. 
O cérebro fabrica a luz; 
O coração, o AMOR. 
A luz fecunda, o amor ressuscita. 
O homem é forte pela razão; 
A mulher é invencível pelas lágrimas. 
A razão convence, as lágrimas comovem. 
O homem é capaz de todos os heroísmos; 
A mulher, de todos os martírios. 
O heroísmo enobrece, o martírio sublima. 
O homem é um código; 
A mulher é um evangelho. 
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa. 
O homem é um templo; a mulher é o sacrário. 
Ante o templo nos descobrimos; 
Ante o sacrário nos ajoelhamos. 
O homem pensa; a mulher sonha
Pensar é ter , no crânio, uma larva; 
Sonhar é ter , na fronte, uma auréola. 
O homem é um oceano; a mulher é um lago. 
O oceano tem a pérola que adorna; 
O lago, a poesia que deslumbra. 
O homem é a águia que voa; 
A mulher é o rouxinol que canta. 
Voar é dominar o espaço; 
Cantar é conquistar a alma. 
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra; 
A mulher, onde começa o céu.

Victor Hugo

Tenho Tanto Sentimento

Tenho tanto sentimento
Que é frequente persuadir-me 
De que sou sentimental, 
Mas reconheço, ao medir-me, 
Que tudo isso é pensamento, 
Que não senti afinal. 
Temos, todos que vivemos, 
Uma vida que é vivida 
E outra vida que é pensada, 
E a única vida que temos 
É essa que é dividida 
Entre a verdadeira e a errada. 
Qual porém é a verdadeira 
E qual errada, ninguém 
Nos saberá explicar; 
E vivemos de maneira 
Que a vida que a gente tem 
É a que tem que pensar.
                  Vinicius de Moraes

Tristeza

Tristeza é quando chove 
quando está calor demais 
quando o corpo dói e os olhos pesam tristeza 
é quando se dorme pouco 
quando a voz sai fraca 
quando as palavras cessam e o corpo desobedece 
tristeza é quando não se acha graça 
quando não se sente fome 
quando qualquer bobagem nos faz chorar 
tristeza é quando parece que não vai acabar.

Martha Medeiros

A Dor

Crescer dói... 
Você pode ter as melhores instruções do mundo e seguir uma vida tranquila, mas você só conhecerá a tua força e a tua sabedoria quando fores submetido a dor, ao sofrimento. 
A dor é uma mestra cruel. 
Ela cega, revolta, magoa, fere no mais íntimo de teu espírito, mas se conseguires vencer a escuridão da dor, resplandecerá em ti a luz de uma pessoa vitoriosa, dona de uma felicidade calma e ao mesmo tempo contagiante, típica das pessoas que já conhecem bem este mundo. 
Mas o sofrimento não acabará. 
O mundo continuará tendo sua natureza fascinante, linda, amarga e cruel. 
E não faltarão forças que tentarão te colocar de joelhos, a diferença é que neste momento, você não cairá mais. 
Você terá vencido a dor, e agora apenas a paz e a felicidade te esperarão.
Augusto Branco

Paixão Inevitável

Que se apaixonar é inevitável, 
e que as melhores provas de amor são as mais simples.
Um dia percebemos que o comum não nos atrai, 
e que ser classificado como bonzinho não é bom. 
Um dia percebemos que a pessoa que nunca te liga 
é a que mais pensa em você. 
Um dia saberemos a importância da frase: 
"Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa". 
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, 
e que não damos valor a isso! 
Que homem de verdade não é aquele que tem mil mulheres, 
mas aquele que consegue fazer uma única mulher feliz! 
Enfim... um dia descobrimos que apesar de viver quase um século, 
esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos,
para beijarmos todas as bocas que nos atraem,
para dizer tudo o que tem de ser dito. 
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida 
ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras!
       
                         Mário Quintana

A Macieira

"Mulheres são como maçãs em árvores. 
As melhores estão no topo. 
Os homens não querem alcançar essas boas, 
porque eles têm medo de cair e se machucar.
Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, 
que não são boas como as do topo, 
mas são fáceis de se conseguir. 
Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, 
quando na verdade, eles estão errados... 
Elas têm que esperar um pouco 
para o homem certo chegar, 
aquele que é valente o bastante 
para escalar até o topo da árvore."

Machado de Assis

Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento 
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto 
Que mesmo em face do maior encanto 
Dele se encante mais meu pensamento 

Quero vivê-lo em cada vão momento 
E em seu louvor hei de espalhar meu canto 
E rir meu riso e derramar meu pranto 
Ao seu pesar ou seu contentamento  

E assim, quando mais tarde me procure 
Quem sabe a morte, angústia de quem vive 
Quem sabe a solidão, fim de quem ama 

Eu possa me dizer do amor (que tive) 
Que não seja imortal, posto que é chama 
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinicius de Moraes

Saudade

Saudade é solidão acompanhada, 
é quando o amor ainda não foi embora,  
mas o amado já... 

Saudade é amar um passado que ainda não passou, 
é recusar um presente que nos machuca, 
é não ver o futuro que nos convida... 

Saudade é sentir que existe o que não existe mais... 

Saudade é o inferno dos que perderam, 
é a dor dos que ficaram para trás, 
é o gosto de morte na boca dos que continuam... 

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: 
aquela que nunca amou. 

E esse é o maior dos sofrimentos: 
não ter por quem sentir saudades, 
passar pela vida e não viver. 

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda

Querer

Não te quero senão porque te quero 
E de querer-te a não querer-te chego 
E de esperar-te quando não te espero 
Passa meu coração do frio ao fogo. 
Te quero só porque a ti te quero, 
Te odeio sem fim, e odiando-te rogo, 
E a medida de meu amor viageiro 
É não ver-te e amar-te como um cego. 
Talvez consumirá a luz de janeiro 
Seu raio cruel, meu coração inteiro, 
Roubando-me a chave do sossego. 
Nesta história só eu morro 
E morrerei de amor porque te quero, 
Porque te quero, amor, a sangue e a fogo.
                              Pablo Neruda

Os Estatutos do Homem

Artigo I:
Fica decretado que agora vale a verdade. 
Agora vale a vida, 
e de mãos dadas, 
marcharemos todos pela vida verdadeira. 

Artigo II:
Fica decretado que todos os dias da semana, 
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo. 

Artigo III Fica decretado que, 
a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas, 
que os girassóis terão direito a abrir-se dentro da sombra; 
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro, 
abertas para o verde onde cresce a esperança. 

Artigo IV: 
Fica decretado que o homem não precisará nunca mais duvidar do homem. 
Que o homem confiará no homem como a palmeira confia no vento, 
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Thiago de Mello

terça-feira, 8 de abril de 2014

A poetisa

A Rosa perguntou a Rosa
qual é a Rosa mais Rosa.
A Rosa respondeu a Rosa 
que a Rosa mais Rosa 
é a Rosa cor-de-rosa.

Itauana Silva

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Solidão

Deus costuma usar a solidão 
Para nos ensinar sobre a convivência. 
Às vezes, usa a raiva para que possamos 
Compreender o infinito valor da paz. 
Outras vezes usa o tédio, quando quer nos mostrar a importância 
da aventura e do abandono. 
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar 
sobre a responsabilidade do que dizemos. 
Às vezes usa o cansaço, para que possamos 
Compreender o valor do despertar. 
Outras vezes usa a doença, quando quer 
Nos mostrar a importância da saúde. 
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água. 
Às vezes, usa a terra, para que possamos 
Compreender o valor do ar. 
Outras vezes usa a morte, quando quer 
Nos mostrar a importância da vida.
  
                              Paulo Coelho

Abrir o Impossível

Tu tens um medo: 
Se você errou 
Se você errou, peça desculpas... 

É difícil perdoar? 

Mas quem disse que é fácil se arrepender? 

Se você sente algo diga... 


É difícil se abrir? 

Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que 
queira escutar?

Se alguém reclama de você, ouça... 


É difícil ouvir certas coisas? 

Mas quem disse que é fácil ouvir você? 

Se alguém te ama, ame-o... 


É difícil entregar-se? 

Mas quem disse que é fácil ser feliz? 

Nem tudo é fácil na vida... 

Mas, com certeza, nada é impossível...

Cecília Meireles


O amor...

É difícil para os indecisos. 
É assustador para os medrosos. 
Avassalador para os apaixonados
Mas os vencedores no amor são os fortes. 
Os que sabem o que querem e querem o que tem!
Sonhar um sonho a dois, 
e nunca desistir da busca de ser feliz, 
é para poucos.

Cecília Meireles

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Apenas Mais uma de Amor

Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim, ficar
Subentendido


Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor obrigação de acontecer


Eu acho tão bonito isso
De ser abstrato, baby
A beleza é mesmo tão fugaz


É uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer


Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá
Isso vai sem eu dizer


Se amanhã não for nada disso
Caberá só a mim esquecer
O que eu ganho, o que eu perco
Ninguém precisa saber.


Eu gosto tanto de você

Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido


Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de convencer


Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá
Isso vai sem eu dizer


Se amanhã não for nada disso
Caberá só a mim esquecer
E eu vou sobreviver
O que eu ganho, o que eu perco
Ninguém precisa saber


Lulu Santos

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Só Olhe...

Olhe para trás!
Veja os obstáculos que você já superou.
Veja quanto você já aprendeu
nesta vida e quanto já cresceu.

Olhe para frente!
Não fique parado,
levante-se quando tropeçar e cair.
Estabeleça metas,
tenha planos e prossiga
com firmeza.

Olhe para dentro!
Conheça seu coração e analise seus projetos;
mantenha puros seus
sentimentos.
Não deixe que o orgulho,
a vaidade e a inveja dominem seus
pensamentos e seu coração.

Olhe para o lado!
Socorra quem precisa de você.
Ame o próximo e seja sensível
para perceber as necessidades daqueles que o
cercam.

Olhe para baixo!
Não pise em ninguém…
perceba as pequenas coisas
e aprenda a valorizá-las.

Olhe para cima!
Há um Deus maior do que você,
que te ama muito
e tem todas as coisas sob seu controle.

Olhe para Deus!
Perceba a profundidade,
a riqueza e o poder da bondade divina.
Sinta esse Deus que olha por você
em todos os dias da sua vida!


Autor desconhecido

terça-feira, 2 de abril de 2013

Amor é Fogo que Arde...

Amor é fogo que arde sem se ver; 
É ferida que dói e não se sente; 
É um contentamento descontente; 
É dor que desatina sem doer. 

É um não querer mais que bem querer; 
É um andar solitário entre a gente; 
É nunca contentar-se de contente; 
É um cuidar que se ganha em se perder. 

É querer estar preso por vontade 
É servir a quem vence o vencedor, 
É ter com quem nos mata lealdade. 

Mas como causar pode seu favor 
Nos corações humanos amizade, 
Se tão contrário a si é o mesmo amor?
       
Luís de Camões

Presságio

O amor, quando se revela, 
Não se sabe revelar. 
Sabe bem olhar pra ela, 
Mas não lhe sabe falar. 
Quem quer dizer o que sente 
Não sabe o que há de dizer. 
Fala: parece que mente 
Cala: parece esquecer 
Ah, mas se ela adivinhasse, 
Se pudesse ouvir o olhar, 
E se um olhar lhe bastasse 
Pra saber que a estão a amar! 
Mas quem sente muito, cala; 
Quem quer dizer quanto sente 
Fica sem alma nem fala, 
Fica só, inteiramente! 
Mas se isto puder contar-lhe 
O que não lhe ouso contar, 
Já não terei que falar-lhe 
Porque lhe estou a falar...
        
Fernando Pessoa